Follow by Email

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Compreender

Tu não me amas
Isso já sabia
É tudo uma mentira
Criada por mim
Com a finalidade única
E egoísta que pode existir
O prazer
Tentando fugir do sofrimento
Busco essa ilusão
Pura ilusão
Não te amo pelos motivos certos
Porém de todas as formas erradas
Que possam existir
Assim sem explicação
Seria loucura tentar encontrar uma cura
Porém o tempo é um fiel remédio
Um companheiro para as noites em claro
Resistente nos momentos de solidão
O tempo...
Parece tão doloroso
Tão cruel...
Existem tristezas prolongadas
Como lutar contra elas
Dia após dia
E o sol que nos libertará
Recusa-se em levantar
E nossa esperança na certeza que virá
Então soframos não muito
No equilíbrio
“ Equilíbrio de sofrer?!”
Sim
Aquele que não sofre no tempo de sofrer não vive
Não entende
Pouco supera
E aceita bem menos ou nada
Vivamos tudo
Alegrias
Sim
Com muita intensidade
Tristezas com limite
Vivamos
Sintamos
Sejamos
Busquemos entender
E vez ou outra
Amemos
Pela verdade nisso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário