Follow by Email

segunda-feira, 7 de maio de 2012

E o tempo levou

Tempos difíceis
Tempos de dor
Inquietos
E sombrios

Tristezas profundas
E sem sentido

Dores sem raízes
Sem significados...

Multidão de pensamentos
Confusos
Sem rumo...

Tremores de alma
Longínquos
Vazios...

Saudades infiltradas na vida
Nos rins
No coração...

Amores sem amado
Sem reais realidades
Sem trocas...

Hoje é o dia D
De libertação
De reconciliação

Reflexões sem prazo
Sem entendimento
Inoculadas

.........................

Será que hoje chove?
Espero que sim 
O que tu achas?

........................

Estamos tão só
Tão...
Tão... ...

Eu sei

......................
Abrace-me
Estás mais leve
O que achas?
Largue-me
Vamos caminhar?
Estou cansado
Mas eu fico com você
..........................

Está difícil!...
Hoje é um desses dias
Os dias sem felicidade

Eles se vão eu sei
E tu também sabes

Porém são assim?
Assim...
Assim... ...

Ainda bem que estás aqui
E eu aí contigo
Queres conversar?
Ou queres refletir?
Se quiseres ficar só
Eu me vou
Ou se preferires
Me viro de costas
.........................

É na alma sabia
Não é fora
É dentro
.........................

Consegues olhar?
Eu sei bem como é
Sei que precisas de mim
É recíproco 
Sabe o que podíamos fazer
Sentar-nos frente a frente
E sem dizer nada ficarmos assim
Com nossos olhos fixos
Consolando-nos
Aceite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário